segunda-feira, 23 de setembro de 2013

GRANDES OBRAS

Ao olharmos para o céu, ou para um canyon, ou para o mar….Se olharmos para qualquer grande obra das mãos do SENHOR, ficamos maravilhados, extasiados, nos apercebemos da grandeza do poder de DEUS e um sentimento de reverência nos toma a alma.
A perfeição, a maravilha, a beleza das SUAS obras nos calam e nos põem de joelhos diante da SUA infinita e genial capacidade criadora.
Esse mesmo senso do poder de DEUS deve nos invadir quando estamos diante dos canyons de problemas, dos mares de dores e dos céus de impossibilidades. Devemos encará-los e enxergar neles apenas possibilidades para o agir transformador e criador do PAI.
Neste momento em que você está assombrado, combalido, amedrontado, desanimado e desesperançado, ouça o que ELE nos diz: ‘Aquietai-vos e sabei que EU SOU DEUS” Sou o DEUS dos desfiladeiros, dos oceanos, das estrelas…Sou o DEUS das soluções, dos milagres e das boas novas.
AQUIETEMO-NOS, então, e aguardemos pelo socorro, pela resposta e pela saída que ELE está construindo com o mesmo esmero e perfeição com que faz todas as SUAS grandes obras.
Neuma Fernandes

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

SEMEANDO
Orar é pedir.
Orar é louvar.
Orar é profetizar.
Orar é agradecer.
Orar é esperar em DEUS.
Orar é ter certeza que a espera não é em vão, que a esperança não trará frustração, que a confiança em Deus não nos acarretará desonra, nem vergonha.
Orar é saber que a realidade visível é apenas uma parte de uma realidade maior, muito maior.
Orar é bombardear as muralhas do inferno.
Orar é colocar DEUS na guerra.
Orar é abrir caminho para DEUS agir.
Orar é semear a terra das áridas circunstâncias para o desabrochar dos milagres.
Orar é uma posição – posição de vitória e de conquista, para a glória do PAI.
(Neuma Fernandes)

quinta-feira, 19 de setembro de 2013


DESTEMIDOS

"Acheguemo-nos, portanto, confiadamente, junto ao trono de Deus, a fim de recebermos misericórdia e encontrarmos ajuda sempre que precisarmos Dele” Hb 4:16
Reconheço que você pode sentir-se fraco na fé, que seus passos podem ficar cambaleantes, mas é agradável a Deus que nos cheguemos com confiança diante Dele para receber aquilo que Ele tem para nós.
Não podemos chegar ao trono da graça com a atitude: “Pois bem, Deus, estou aqui. Talvez possas me ajudar…” Não, você precisa chegar diante de Deus com coragem, e com confiança, no seu coração, de que Deus é poderoso para ajuda-lo, e bem disposto a isso. Deus possui tudo quanto você porventura necessitar, poisEle é socorro bem presente nas tribulações. Repita isso devagar e atenciosamente no seu íntimo para que sua fé se fortaleça.
Creia que você pode, e deve, ter fé DESTEMIDA nesse Deus forte, soberano e amoroso, AMOROSO, nunca esqueça desse atributo do Senhor, isso te dará ousadia para se manter confiante e seguro na vontade e no propósito de Deus te ajudar.
O versículo 17 do terceiro capítulo do livro de Daniel, diz: “Nosso Deus pode livrar-nos”. Isso foi pronunciado em uma hora extremamente dramática. É uma declaração tremenda de confiança no pode de Deus. Declararam e viveram o que acreditavam – isso é fé. E essa fé, assim como foi para aqueles homens cuja história o livro de Daniel relata, não nos desaponta, não nos decepciona.
(Kenneth Hagin Jr, em “A SUA FÉ LEVARÁ VOCÊ À VITÓRIA”)

quinta-feira, 12 de setembro de 2013

SIMPLES ASSIM

Em certa noite, quando eu estava profundamente deprimido, confundido por obstáculos, desnorteado pela escuridão que me cercava, impossibilitado até mesmo de continuar pregando, descobri uma verdade surpreendente: DEUS é atraído para a fraqueza. ELE não pode resistir aos que humilde e honestamente admitem precisar DELE desesperadamente. De fato, nossa fraqueza abre espaço para o SEU poder.
Se clamarmos ao SENHOR, ELE prometeu em SUA Palavra responder e derramar o SEU ESPÍRITO SANTO entre nós. Se nós não clamarmos ao SENHOR, ELE não promete absolutamente nada. É simples assim, objetivo assim. Não importa o que eu pregue ou o que declaremos crer racionalmente, o futuro dependerá de nossas orações.
(Jim Cymbala, em “VENTO RENOVADO FOGO RENOVADO”)

segunda-feira, 9 de setembro de 2013


O GRANDE ESCRITOR 

Pense nestas palavras: Você foi tecido. Você não é um acidente. Você não foi produzido em massa. Você não é um produto de uma linha de montagem. Você foi deliberadamente planejado, especialmente dotado, posto com amor neste mundo pelo Artesão Mestre. Em uma sociedade que não suporta perda de tempo, esta é uma boa notícia. Em uma cultura em que a porta da oportunidade se abre apenas uma vez e depois se fecha com violência, isto é uma revelação.
Em um sistema que gradua o valor de uma pessoa pelo salário ou pela forma de suas pernas… deixe-me dizer uma coisa para você: essa é uma razão para alegrar-se!
Deus vê sua vida da mesma forma que você vê um filme depois de já ter lido o livro. Quando algo ruim acontece no filme, parece que falta ar dentro do cinema. Todos ficam sem ar diante do momento tenso na tela. Você não. Por quê? Você leu o livro. Você sabe como o mocinho se livra do momento difícil. Deus vê sua vida com a mesma confiança. Ele não apenas leu sua história… Ele a escreveu. A perspectiva Dele é diferente, e a proposta Dele é clara.
“Porque sou eu que conheço os planos
que tenho para vocês, diz o SENHOR,
planos de fazê-los prosperar e não de
lhes causar dano, planos para vos dar
o fim que esperais. “

Jeremias 29:11
(Max Lucado, em “NAS GARRAS DA GRAÇA”)

domingo, 1 de setembro de 2013

A FÉ SEM CONFIANÇA É MORTA 
“Confia no Senhor…”. Salmos 37.3.
Confiar é fiar-se em Deus, é saber que Ele está tomando algo para si e avalizando. Confiar é deixar nas mãos de alguém que pode e dá garantia de realizar. Confiar é ter o endosso de uma Pessoa que não pode mentir: “Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta; a qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior do véu” Hebreus 6.18-19.
A fé sem obras é morta. Não adianta dizermos que confiamos em Deus, se nossas atitudes tem sido de incredulidade. Se verdadeiramente cremos Nele, nossas atitudes vão ser de fé; e entre elas, a confiança em Deus. Do contrário, nossa fé não passa de meras palavras, de uma fé morta. A religião é feita de teoria; mas a vida cristã, de conhecimento e prática: “Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras” Tiago 2.17-18.
Crescer na graça e no conhecimento de Jesus Cristo é nossa necessidade primária para confiarmos em Deus: “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo” II Pedro 3.18. Precisamos nos voltar para o Senhor. Conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor, e então haverá confiança naturalmente.
(Portal Vida em Cristo)