sexta-feira, 27 de junho de 2014

MAIS QUE SUFICIENTE
“Sendo, pois, Abrão da idade de noventa e nove anos, apareceu o Senhor a
Abrão e disse-lhe: Eu sou o Deus Todo-poderoso; anda em minha presença
e sê perfeito.”
GÊNESIS 17.1
No hebraico, idioma original desse versículo do Antigo Testamento, está escrito: “Eu sou El Shaddai”. Deus Se revelou a Israel por sete nomes, que revelavam a aliança
que estabelecera, e uma dessas designações foi El Shaddai, que literalmente significa o Deus que é mais do que suficiente, ou o Todo-suficiente. Você será fortalecido em sua fé, se pensar em Deus como Aquele que é mais do que suficiente!
Em todas os episódios narrados no Antigo Testamento, Deus Se revelou como El Shaddai – o Deus que é mais do que suficiente. Quando, por exemplo, Deus livrou os israelitas da escravidão no Egito, os soldados do Faraó foram ao encalço deles para prendê-los e levá-los de volta à escravidão. De um lado dos israelitas havia o deserto; do outro lado, montanhas. Diante deles, havia o mar Vermelho. Tudo indicava que estavam encurralados, mas confiaram em Deus, no Deus que é mais do que suficiente, e Ele dividiu o mar! Os abismos coalharam-se no coração do mar (Ex 15.8)! As águas foram paralisadas! Estancaram-se em montão de cada lado, como se houvesse um muro impedindo o escoamento, e Israel atravessou, andando até ao outro lado. Nosso Deus é mais do que suficiente!
(Kenneth E. Hagin, em “ALIMENTO DA FÉ”)

quarta-feira, 25 de junho de 2014

QUÃO FORTE É DEUS?Ocupe-se com a natureza de Deus não com o tamanho dos seus próprios bíceps…A pergunta fundamental na vida não é: “Quão forte sou eu?”, mas “Quão forte é Deus?”. Foi o que Deus ordenou a Moisés. Lembra-se da conversa diante da sarça em chamas? O tom foi determinado na primeira sentença. “[...] Tire as sandálias dos pés, pois o lugar em que você está é terra santa” (Êx 3:5). Com essas quinze palavras Moisés foi matriculado num curso sobre Deus. Imediatamente os papéis são definidos. Deus é santo. Aproximar-se dele, por menor que seja a distância, é pretensão demais… Não se gasta tempo convencendo Moisés do que ele é capaz de fazer, mas se gasta muito tempo explicando a Moisés o que Deus é capaz de fazer.
Você e eu temos a tendência de fazer o oposto. Explicaríamos a Moisés que ele é a pessoa ideal para retornar ao Egito… Depois o lembraríamos de que ele é a pessoa perfeita para viajar pelo deserto… Gastaríamos tempo revisando com Moisés seu currículo e sua força.
Deus, porém, não age assim. A força de Moisés não é levada em conta. Não há palavras de estímulo, não há tapinhas nas costas. Nem ao menos uma palavra é proferida para recrutar Moisés. Mas muitas palavras são usadas para revelar Deus. A questão fundamental não é a força de Moisés, mas sim a força de Deus.
(Max Lucado, em “A GRANDE CASA DE DEUS”)

terça-feira, 3 de junho de 2014

PLATAFORMAS DE LANÇAMENTO 
Deus não coloca necessidades em nossas vidas a fim de sermos seres humanos incompletos e imperfeitos.
Essas necessidades existem dentro de nós de modo a compelir-nos a buscar a Deus e dependermos Dele para nos fazer inteiros e completamente produtivos e eficazes dentro de um plano maior e propósito que Ele tem para nós aqui na terra. Nossas necessidades, em outras palavras, tornam-se nosso potencial. Na solução e na superação de necessidades pelo poder do Espírito Santo, verdadeiramente entramos na plenitude de tudo aquilo para o qual fomos criados a realizar, alcançar e cumprir em nossas vidas. Nossas necessidades são plataforma de lançamento para concretizar o propósito para nossas vidas. Elas são o ponto de partida para aprendermos, crescermos, nos desenvolvermos e finalmente chegarmos à plenitude da estatura de Cristo Jesus.
Louve a Deus pelas necessidades que Ele colocou dentro de você. Elas são a evidência de que Deus está trabalhando o tempo todo para supri-las, e que Ele o ama bastante para querer que você se torne a pessoa com quem Ele deseja passar toda a eternidade.
(C. Stanley, em “NECESSIDADES NÃO ATENDIDAS”)

segunda-feira, 2 de junho de 2014