domingo, 24 de junho de 2012

RECEBEU LIMÕES? FAÇA UMA LIMONADA
“No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo”. (João 16.33.)
Faça do sofrimento um túnel, no qual você entra, mas não permanece. Deixe-se ser curado. Seu marido morreu? Case com outro. Sua mulher morreu? Case com outra. Sua firma faliu? Abra outra. Você foi demitido? Saia e procure outro emprego. Alguém te rejeitou? Erga a cabeça e valorize as pessoas que te amam verdadeiramente.
Viva de acordo com a Palavra, e tenha também como parâmetros os homens e mulheres da Bíblia que sofreram enormes pesares. Jó é um deles. José é outro excelente exemplo, ele fez da sua dor uma ponte e caminhou sobre ela. Em tudo Deus tem propósitos. Nada é destino ou sina, pois isso não existe. Somos  barro nas mãos de Deus e Ele nos molda por meio de muitas situações, inclusive do sofrimento.
Meu neto Isaque me fez a seguinte pergunta: “Vovô, o que é “casquinha”? Expliquei a ele que é aquilo que nasce por cima do machucado, que ela não pode ser arrancada porque senão o ferimento não sara. A casquinha dura um tempinho só, e nem percebemos quando ela cai. E assim são determinados sofrimentos, eles chegam ao fim. Não é o tempo que os cura, é Deus que usa o tempo para nos curar.
O problema é que ficamos arrancando casquinha, mexendo na ferida o tempo todo, dessa forma,ela não cicatriza. Deixe Deus ser Deus amplamente na sua vida. Coloque todas as tuas dores e ressentimentos nas mãos do Pai, e então, “te esquecerás dos teus sofrimentos e deles só terás lembrança como de águas que passaram”
Deus também nunca atrasa a bênção para um filho Seu, não existe isso de “está demorando”. Na verdade  Deus está trabalhando na nossa vida, que é preciosíssima aos Seus olhos. Deus trabalha, mas você precisa se esforçar para esquecer o passado, e uma das maneiras de se fazer isso é lutando contra os pensamentos  ruins e ocupando a mente com aquilo que gera vida, com a Palavra de Deus.
(Márcio Valadão, em “RENOVANDO A ESPERANÇA”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário