terça-feira, 27 de agosto de 2013

A FÉ SEM CONFIANÇA É MORTA 

“Confia no Senhor…”.Salmos 37.3.
Confiar é fiar-se em Deus, é saber que Ele está tomando algo para si e avalizando. Confiar é deixar nas mãos de alguém que pode e dá garantia de realizar. Confiar é ter o endosso de uma Pessoa que não pode mentir: “Para que por duas coisas imutáveis, nas quais é impossível que Deus minta, tenhamos a firme consolação, nós, os que pomos o nosso refúgio em reter a esperança proposta; a qual temos como âncora da alma, segura e firme, e que penetra até ao interior do véu” Hebreus 6.18-19.
A fé sem obras é morta. Não adianta dizermos que confiamos em Deus, se nossas atitudes tem sido de incredulidade. Se verdadeiramente cremos Nele, nossas atitudes vão ser de fé; e entre elas, a confiança em Deus. Do contrário, nossa fé não passa de meras palavras, de uma fé morta. A religião é feita de teoria; mas a vida cristã, de conhecimento e prática: “Assim também a fé, se não tiver as obras, é morta em si mesma. Mas dirá alguém: Tu tens a fé, e eu tenho as obras; mostra-me a tua fé sem as tuas obras, e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras” Tiago 2.17-18.
Crescer na graça e no conhecimento de Jesus Cristo é nossa necessidade primária para confiarmos em Deus: “Antes crescei na graça e conhecimento de nosso Senhor e Salvador, Jesus Cristo” II Pedro 3.18. Precisamos nos voltar para o Senhor. Conhecer e prosseguir em conhecer ao Senhor, e então haverá confiança naturalmente.
(Portal Vida em Cristo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário