segunda-feira, 26 de julho de 2010

Coragem rara recomeçar após uma queda.
"Não to mandei eu? Esforça-te, e tem bom ânimo; não temas, nem te espantes;
 porque o SENHOR teu Deus é contigo, por onde quer que andares" (Josué 1:9).
Quando Jim Burke se tornou chefe de uma nova seção de produtos da Johnson Johnson,
um de seus primeiros projetos foi o desenvolvimento de uma pomada para o peito de
crianças. O produto foi um grande fracasso e Burke esperava ser demitido. Quando ele foi
chamado para ir à sala do Presidente da Companhia, em vez de repreensão e demissão, encontrou uma recepção surpreendente. "Foi você a pessoa que nos custou todo aquele dinheiro?"
 perguntou Robert Wood Johnson. "Bem, eu quero parabenizá-lo. Se você está cometendo erros,
 isso significa que você está arriscando. Nós não cresceremos a menos que você tente acertar". Alguns anos mais tarde, quando Burke se tornou presidente da J&J, ele continuou a usar aquele mesmo slogan. (Sumário do leitor, outubro/1991, pág. 62 - Readers Digest)
Burke, o homem de nossa ilustração, foi um vitorioso porque usou de toda a sua coragem e
 ousadia na busca de seus propósitos. Sua determinação lhe concedeu uma grande vitória,
levando-o ao posto máximo da empresa onde trabalhava. Ele tentou acertar e não desanimou
diante do primeiro fracasso. Ele possuía um sonho e perseverou até alcançá-lo. Ele olhou para
o alvo e seguiu em frente, até chegar lá.
Muitas vezes nos sentimos fracos, insignificantes, sem forças e sem vida simplesmente porque não temos a coragem e a ousadia de lutar por nossos sonhos. Vemos dificuldades em tudo e levamos em nossas mãos um embrulho de pessimismo, para ser usado como justificativa no primeiro obstáculo encontrado no caminho.
E por que agimos assim? Por que desanimamos com facilidade? Por que fixamos nossos olhos na tempestade se ela logo passará, dando lugar a mais um dia ensolarado?
Burke errou e caiu... talvez tenha caído outras vezes, mas, sempre se levantou e continuou sua caminhada. E nós, que temos a companhia do Senhor, devemos desistir? Claro que não. Somos
mais do que vencedores.. com Cristo, nós sempre venceremos.
(Paulo Roberto Barbosa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário