terça-feira, 26 de fevereiro de 2013


AUTOLIMITAÇÃO
Dew drops on grassDeus não nos pede para fazer sacrifícios simplesmente pelo sacrifício em si (isso chama-se masoquismo). Ele nos estimula. Jesus apresentou a estrutura do incentivo: “Busquem em primeiro lugar o Reino de Deus e a Sua justiça, e todas as coisas lhes serão acrescentadas” Mt 6:36. Ou seja, fazer continuamente o que envolve atos de autolimitação.
Enquanto o grande homem de Deus G. K. Chesterton estava elaborando toda essa ideia de sacrifício, chegou a uma conclusão radical:
“Cada ato de vontade é um ato de autolimitação. Desejar  uma ação é desejar uma limitação. Nesse sentido todas as ações são ações de sacrifício de si mesmo. Quando você escolhe algo, você rejeita tudo o mais.”
E quando nos autolimitamos em favor dos planos de Deus, a promessa forte e simples (de acordo com Jesus) é que nossos sacrifícios serão honrados por Deus no tempo Dele, da maneira Dele. Foi assim que Jesus viveu Sua vida, e é assim que deseja que vivamos a nossa.
(Kenny Luck, em “SONHE”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário