quarta-feira, 22 de agosto de 2012

CHUVAS DE BENÇÃOS
“Farei descer a chuva a seu tempo, serão chuvas de bênção.”(Ez 34.26.)
Como está o tempo esta manhã em sua vida?
É tempo de sequidão? Então é o tempo oportuno para chuvas.
Tempo de ar pesado e nuvens negras? É o tempo para chuvas.
A chuva vem quando há nuvens no céu. A chuva cai quando o céu está coberto pela densa camada de nuvens. Sem elas, a abençoada chuva não desce!
Veja que a palavra está no plural: “Farei descer… chuvas de bênção” — Deus manda todo tipo de bênçãos. O poder criador e criativo de Deus é ilimitado, Ele pode, e deseja, derramar sobre nós, torrentes de bênçãos. Bençãos que ansiamos, bênçãos que nem imaginamos…Bençãos sem fim vindas de um Deus de incalculável amor e graça.
As bênçãos de Deus vêm todas juntas, como os elos numa corrente de ouro. Aquele que dá a graça da conversão dá também a graça do consolo. Ele enviará “chuvas de bênção”, Ó planta crestada, olhe para cima e abra as suas folhas e flores à chuva do céu.
(Lettie B. Cowman, em “MANANCIAIS NO DESERTO”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário