sábado, 11 de agosto de 2012

DEUS QUE AMA
Com Abraão, José, Moisés e Davi aprendemos, pelo menos, o fato de que DEUS age por meios que não poderíamos prever, nem mesmo desejar. Às vezes, a história de DEUS parece operar num plano totalmente diferente do nosso.
Na SUA maneira de fazer história, DEUS não se impressiona com tamanho, poder ou riqueza. Fé é o que ELE está esperando e os heróis que vemos surgir são heróis da fé, não de poder e riqueza.
Com sua história de lutas, os judeus demonstram a lição mais importante de todas: não se erra quando DEUS é levado à sério. DEUS não é um poder indistinto, não é um relojoeiro ausente. DEUS é pessoal. ELE entra na vida das pessoas, aparece em lugares inesperados, escolhe líderes com poucas probabilidades de sucesso. Realiza impossíveis. Acima de tudo, DEUS ama.
(Philip Yancey, em “A BÍBLIA QUE JESUS LIA”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário