quinta-feira, 16 de agosto de 2012

SENHOR E AMIGO

Se me pedissem para identificar a chave mais importante para uma  oração eficaz, eu diria que é aproximar-se de Deus como seu amigo.
Quando nos chegamos a Deus acreditando que Ele nos vê como Seus amigos, obtemos acesso a novas maravilhas. Assim, experimentamos a liberdade e a ousadia necessárias para uma oração eficaz. Se não conhecemos Deus como amigo, e se não confiamos no fato de que Ele pensa em nós como amigos, ficaremos relutantes em dizer o que precisamos ou em pedir alguma coisa. Se tivermos um relacionamento formal e distante com Deus, nossas orações podem ser legalistas. Mas se nos aproximarmos Dele como nosso amigo, sem perdermos o nosso temor por Ele, nossas orações serão sempre renovadas, animadas e íntimas. 
Uma amizade natural envolve amar e ser amado. Significa saber que alguém está do seu lado, querendo ajudar você, animar você, sempre tendo em mente o seu melhor interesse. Um amigo é alguém que você valoriza, um camarada, um parceiro, alguém que é querido por você, alguém com quem você quer passar tempo e de quem gosta. Você se torna amigo de uma pessoa investindo tempo nela e com ela, compartilhando sua vida com essa pessoa.
Desenvolver uma amizade com Deus é semelhante a desenvolver uma amizade com alguém na terra. Leva tempo. A verdade é que você pode ser tão íntimo de Deus quanto de  seja; tudo depende do tempo que estiver disposto a investir nesse relacionamento. Eu o encorajo a conhecê-lo passando tempo em oração e lendo a Palavra. Sua amizade com Deus também se aprofundará e crescerá conforme você for andando com Ele regularmente, e à medida que tiver experiências com a Sua fidelidade. A diferença entre desenvolver um relacionamento com Deus como amigo e construir relacionamentos com as pessoas é que, em Deus, você acaba tendo um amigo que é perfeito! Alguém que nunca o deixará nem o abandonará. Alguém que é fiel, confiável, amoroso e perdoador.
(Joyce Meyer, em “O PODER DA ORAÇÃO SIMPLES”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário