quarta-feira, 24 de julho de 2013

LITURGIA DA ABUNDÂNCIA

DAR caracteriza a criação de Deus. Desde a primeira págia das Escrituras, Ele é apresentado como um criador filantrópico. Produz em multiplicidade: estrelas plantas, pássaros e animais. Toda benção chega aos montes. Deus cria Adão e Eva em uma liturgia de abundância.
Nem o Capitão América, nem o Super-homem criaram o mundo; Deus o criou.
O salmo 104 comemora essa criação abundante com 23 versículos de bênçãos itemizadas: os céus e a terra, as águas, correntes, árvores, pássaros, bodes, vinho, óleo, pão, os leões, as pessoas. Deus é a fonte de “inúmeras criaturas, seres vivos, pequenos e grandes…Todos eles dirigem seu olhar a ti, esperando que lhes dês o alimento no tempo certo” Sl 104:25-27.
E Ele dá. Deus é o grande rio. O Grande Provedor. A fonte de toda benção. Absolutamente generoso e completamente confiável. A mensagem ressonante e recorrente das Escrituras é clara: Deus tudo possui. Deus tudo compartilha. Ele nos dá todas as coisas para desfrutarmos com alegria. Confie Nele, não em coisas, não em situações. Passe do medo para o conforto da certeza que Ele proverá.
(Max Lucado, em “SEM MEDO DE VIVER”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário