segunda-feira, 14 de janeiro de 2013


CONFIANÇA DE HERÓI
Confiança é nossa dádiva que devolvemos a Deus, e Ele a considera tão maravilhosa que Jesus morreu por amor a ela.
Confiança inabalável é uma coisa rara e peciosa, pois quase sempre exige um grau de coragem que beira o heroísmo. Quando a sombra da cruz de Jesus se projeta sobre nós na forma de tragédia, de fracasso, de rejeição, de abandono, traição, desemprego, falência, solidão, perda de um ente querido, quando estamos surdos para todas as coisas exceto para o grito da nossa dor, quando o mundo que nos rodeia de repente se torna um lugar hostil e ameaçador – nesses momentos podemos clamar angustiados: “Como um Deus de amor pode permitir que isso aconteça?”. É nessas horas que são lançadas as perniciosas  sementes da desconfiança. É preciso coragem de herói para confiar no amor de Deus não importa o que nos aconteça.
Já faz mais de quatro décadas que fui alcançado por Jesus. Depois de milhares de horas de oração e meditação sobre os anos vividos até o momento da minha conversão, posso declarar de forma inequívoca que a subm9issão confiante, a exemplo de uma criança, é o espírito que define a autêntica vida de um discípulo de Jesus. E eu acrescentaria que a grande necessidade da maioria das pessoas é a mais desconsiderada – a saber, a necessidade  de uma confiança intransigente no amor de Deus. Além disso, eu diria que, embora haja vezes em que é melhor nos aproximarmos de Deus como faria um maltrapilho diante do Rei dos reis, é muito melhor nos achegarmos a Ele como uma criancinha se achega a seu pai.
(Brennan Manning, em “CONFIANÇA CEGA”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário