sexta-feira, 8 de março de 2013

UM NOVO NOME  
Pare alguns minutos para perguntar-se qual o nome que você deu à vida. Você marcou sua herança ou biografia até agora com algum rótulo seriamente limitador, como “Desapontamento”, “Pouco Esperto”, “Indesejável” ou “Fracasso”?
Agora se pergunte: Que opções desejáveis eu nunca considerei com seriedade simplesmente porque não se aplicam a miha trajetória negativa?
Deus reservou maravilhas para você. Ele não vai lhe pedir para ignorar ou negar um passado difícil ou uma circunstância limitadora, mas não vai defini-lo por meio dela.
O nome que seu Pai lhe dá não é Sofrimento ou qualquer coisa parecida. É:
• “Escolhido” (Jo 15:19, NVI)
• “Meu” (Sl 50:10-12)
• “Amado” (Dt 33:12)
• “Procurado” (Is 62:12, NVI)
• “Amigo” (Tg 2:23)
Você se lembra de um pescador chamado Simão? Ele deixou as redes para seguir a Jesus. Se algum discípulo pudesse ser considerado inadequado no início, esse era Simão. Mas um dia Jesus olhou para ele e disse: “Feliz é você, Simão, filho de Jonas… E eu lhe digo que você é Pedro” (Mt 16:17-18).
Esse novo nome significa pedra. Com esse novo nome, Jesus deu a Pedro um destino grande e importante no reino de Deus.
Seu Senhor quer lhe dizer alguma coisa que vai mudar sua vida. Uma palavra está na ponta de sua língua. É seu novo nome.
(Bruce Wilkinson, em “DEVOCIONAL – A ORAÇÃO DE JABEZ”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário