quarta-feira, 10 de abril de 2013

 
CIRCUNSTÂNCIAS DESAFIADORAS
Algumas situações que vivemos ou experimentamos em nossa caminhada desafiam as explicações racionais. Nestes casos, apenas aceite.
Se você estiver em cima dos trilhos de um trem e este vier em sua direção em alta velocidade, você tem duas opções: ou sai da linha, ou é atropelado. A vida é assim algumas vezes. Determinadas situações apresentam-se de tal forma que não podemos detê-las. Desta forma, deve-se aprender a gerenciar os fatos de modo que eles simplesmente sejam sucedidos por outros. Tentar ficar no caminho e deter tal circunstância é a mesma coisa que esperar na linha do trem e tentar pará-lo apenas com a mão levantada. O comboio seguirá até seu destino final, e você será destruído nesse processo.
Não importa o quanto estamos bem preparados para as contingências da vida (nas finanças, com relação à saúde, à aposentadoria, nos relacionamentos etc.), há sempre a possibilidade de que uma adversidade surja de onde menos se espera e nos atinja.
Estamos num mundo caído, corrompido, algumas vezes fazemos o melhor que podemos, e mesmo assim algo ruim acontece. Não somos responsáveis por tais situações. Somos responsáveis pela maneira que respondemos a elas e pelo tempo e pelos recursos de que dispomos.
Uma vez que aceitamos os mistérios, os fatos incontroláveis da vida e as nossas próprias limitações, o que nos resta? Como podemos ter uma vida bem-sucedida sob tais circunstâncias? Há apenas um caminho: a fé. Fé que nos diz que “Tudo colabora para o bem daqueles que amam a Deus”. Fé que nos faz lembrar que “Deus transforma o mal em bem”. Nosso Criador, o Rei do universo, espera que tenhamos fé Nele, em Seu poder, compaixão, bondade e prontidão junto a nós. E toda vez que Ele vê essa característica em nós, a fortalece ainda mais.
“Quanto ao Senhor, Seus olhos passeiam por toda a terra, para mostrar-se forte com aqueles cujo coração é reto para com Ele.” 2Cr 16:9
Deus busca fé em nós. É interessante notar que Ele não espera encontrar poder, autoridade, opulência, influência, religião, política, comércio, educação, informação ou tradição, mas sim fé. Talvez Ele veja a fé como o ingrediente mais importante da terra.
(Myles Munroe, em “REDESCOBRINDO A FÉ”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário