domingo, 26 de fevereiro de 2012

UMA ARMA CONTRA AS PREOCUPAÇÕES


Na realidade, a vontade de Deus está em operação na terra, atuando na vida de cada um de nós. Por exemplo, nenhum de nós decidiu em que século nasceria. Nenhum de nós é livre para escolher os país, a cor da pele, o sexo ou a aparência física. Tudo isto foi resolvido por uma vontade superior, a vontade de Deus.
E a vontade de Deus está operando em nossa vida. Existe um propósito para nós. Eu creio que ninguém nasceu por acaso. Antes de nascermos aqui na terra, já existíamos na mente de Deus. É possível nos rebelarmos contra Ele, mas no fim seremos completamente derrotados. Uma pessoa pode recusar curvar-se à vontade de Deus e resignar-se a viver tolerando o que lhe sobrevém, mas nunca encontrará paz, nem alegria.
Como podemos saber a vontade de Deus para nossa vida? Muitos nunca saberão pois Deus não se revela a quem não o busca com seriedade. Ninguém pode entrar em sua presença apressadamente. Quem diz: “Senhor, aqui está minha vontade; espero que tu a aproves”, está perdendo tempo.
Somente aqueles que sinceramente desejam fazer a vontade de Deus e confiam Nele o suficiente para se submeterem completamente a ela, irão realmente conhecê-la. É inútil dizer a Deus: “Senhor, mostra-me a tua vontade; se eu gostar dela, eu a aceitarei”. Temos que aceitá-la antes mesmo de conhecê-la. As possibilidades que temos de assim agir dependem de nosso conceito de Deus.
Eu possuo um rádio portátil. Quando estou em casa, posso ouvir bem todas as emissoras da minha cidade. Mas, se me afasto um pouco da cidade, o som da estação fica bem fraco. O rádio ainda está ligado na mesma emissora, que ainda transmite na mesma freqüência. Fui eu quem me afastei demais. O mesmo acontece com a voz de Deus. Muitos não ouvem sua voz, porque se afastam demais Dele.
Outros vivem numa relação superficial com Deus, proclamam Seu nome, mas, verdadeiramente, não estão em comunhão com o Senhor. Não buscam viver segundo Seus valores e princípios. É o que Jesus quis dizer com a passagem: “E aquele que ouve estas minhas palavras, e não as cumpre, compará-lo-ei ao homem insensato, que edificou a sua casa sobre a areia” Mt 7:26
A certeza de estarmos fazendo a vontade de Deus é nossa melhor arma para combater os temores e preocupações. O grande poeta Dante disse: “Em Sua vontade, está a nossa paz”. Render-se à vontade Dele elimina a apreensão pelo futuro. Nós sabemos com absoluta certeza que, se nós fizermos a vontade Dele hoje, o amanhã será regido pela vontade Dele também. E não estou sendo fatalista, pois, como o salmista, eu também posso dizer:
“Jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão” (Sl. 37:35).
(Charles L Allen, em “A PSIQUIATRIA DE DEUS”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário