quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

TRIPLA PROMESSA


Jesus disse-nos repetidamente esta verdade: “E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso fa rei, a fim de que o Pai seja glorificado no Filho”  (Jo 14.13),e “Se me pedirdes alguma cousa em meu nome, eu o farei” (v. 14). Isso não é uma promessa clara? “Em verdade, em verdade vos digo, se pedirdes.
Alguma cousa ao Pai, ele vo-la concederá em meu nome. Até agora nada tendes pedido em meu nome; pedi, e recebereis, para que a vossa alegria seja completa” (Jo 16.23 -24). Nessas três afirmações de Jesus, vemos o seguinte: se pedirmos ao Pai em seu nome, Ele o fará, o Pai o dará, e nós o receberemos.
Portanto, uma tripla promessa de resposta: fará, dará e receberemos. Por isso, digo a você que agora lê esse texto – aprende também a tripla oração em intensidade crescente, a que o Senhor nos convida: “Pedi!” Pedir é solicitar.“Buscai!” Buscar é insistência, é desejar o cumprimento da promessa. “Batei”. Bater é insistir constantemente diante da porta dos céus. O maravilhoso da oração é que, enquanto oramos, tornamo-nos capazes de intensificar nossos pedidos, pois Deus faz-nos saber que certamente responderá, se pedirmos em nome de  Jesus.
E o que significa: “Pedir em nome de Jesus?” Isso não somente significa sacar cheque já assinado, que me é pago integralmente porque o seu signatário tornou-se herdeiro de todas as coisas, mas significa também: confessar seu nome diante de Deus. Comisso, digo “sim” ao nome de Jesus, “sim” ao Salvador, “sim” à sua cruz.
E porque Deus também diz “sim” a esse nome, porque aceita totalmente o sacrifício de Jesus em nosso lugar, meus pedidos encontram a sua realização quando, é claro, pedimos segundo Sua vontade e Seus planos para nossa vida. A minha vontade se une à sua santa vontade quando estou permanentemente lendo Sua Palavra, quando vivo em comunhão com Ele em oração. É isso que Jesus quer dizer em João 15.7: “Se permanecerdes em mim e as minhas palavras permanecerem em vós, pedireis o que quiserdes, e vos será feito”.
Está disposto a submeter-te totalmente ao Seu nome? É teu desejo sincero te tornar um com Jesus? Se isso é verdade, então abre-se para você uma nova realidade, que poucos conhecem: a ação da glória de Deus em e através da tua vida, em resposta às tuas orações.
“E tudo quanto pedirdes em meu nome, isso farei”.
(Jerry B. Jenkins, em “DEUS SEMPRE CUMPRE SUAS PROMESSAS”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário