terça-feira, 20 de novembro de 2012

ATRAVESSANDO O RIO

“Passemos para a outra margem” Mc 4:35
Quando avançamos a mando de Cristo, não devemos pensar que não seremos alcançados por tempestades; os discípulos estavam seguindo adiante a mando de Cristo, e mesmo assim tiveram que enfrentar um furioso temporal. Viram-se em perigo de submergir, de tal forma que, em seu desespero, clamaram pelo socorro do Senhor.
Se Cristo demorar a vir nos socorrer na dificuldade, isto será para o nosso bem, podemos ter certeza disso; para que nossa fé se torne vigorosa e robusta, e aumente o nosso desejo de libertação, assim, quando o livramento vier, o apreciaremos mais plenamente.
Cristo os repreendeu com brandura, dizendo: “Como é que não tendes fé?” Por que vocês não deram o grito de vitória, mesmo em face da tempestade, e não disseram aos ventos e às vagas: “Nada nos podeis fazer, pois Cristo, o poderoso Salvador, está no barco”? É muito mais fácil confiar quando o sol está brilhando do que quando estamos no meio do temporal. Nunca sabemos quanto possuímos de fé verdadeira, enquanto ela não é posta à prova; mas o Salvador está a bordo. Para estarmos fortes no Senhor e na força do Seu poder, a nossa força precisa nascer no meio da intempérie. Com Cristo no barco Tudo vai muito bem.
Cristo lhes disse: “Passemos para a outra margem”; não disse casualmente: “Vamos para o meio do lago” — para então se afogarem, apanhados de surpresa pelo temporal. Ele sabia o que estava fazendo.
(Dan Crawford, em “LIDAR COM CONFLITOS”)

Um comentário:

  1. querido nao deixe de cuidar desse blog pois DEUS VAI TE HONRAR MUITO

    ResponderExcluir