domingo, 6 de março de 2011

LIMPEZA MENTAL
Eu tinha o hábito de achar que todo pensamento que vinha à minha mente era somente meu, como se eu não tivesse nenhum controle sobre ele. Meus pensamentos podiam fazer com que eu me sentisse rejeitada ou triste. Com medo ou deprimida. Quando eu pensava coisas do tipo: “Você não é digna de alguma coisa boa”, “Você sempre fracassará ao tentar fazer algo certo”, “Ninguém irá amá-la verdadeiramente um dia”, eu usava e abusava de drogas e bebidas alcoólicas para afligir essas idéias e silenciá-las. A esta altura eu mergulhava em um abismo de depressão tão profundo que a única voz que eu ouvia era: “Não há como fugir da sua miséria”. Tudo porque eu não conseguia controlar os pensamentos em minha cabeça.
Depois que conheci VERDADEIRAMENTE Jesus, depois que passei a ter um relacionamento REAL com Ele, a voz da esperança e da razão passou a ser mais alta do que as vozes da futilidade e da confusão. Aprendi a ganhar controle sobre minha mente e a distinguir as mentiras em minha cabeça da verdade da Palavra de Deus. Aprendi a comunicar-me com Deus na oração e a experimentar a liberdade de viver do modo de Deus. E aprendi coisas sobre a adoração e o poder oculto do louvor. Descobri que, toda vez que eu louvava a Deus, as vozes negativas em minha cabeça eram silenciadas. Elas não só não tinha poder algum, como também não podiam ser ouvidas.
Mesmo agora, sempre que adoro e louvo a Deus, vejo que minha mente fica mais clara e que estou mais apta para ouvir Deus falar ao meu coração. Posso ver a mim mesma e minha vida pela perspectiva de Deus, e posso compreender melhor a verdade sobre a minha própria situação naquele momento.
Todos somos susceptíveis de fraquezas em nosso pensamento, independentemente do tempo e do grau com que conheçamos o Senhor. Cada um de nós tem a capacidade de ficar um pouco encurvado, um pouco torto, um pouco fora do caminho, um pouco confuso se não concentrarmos nossa mente em Jesus. Só pensar em coisas boas não é suficiente para ajustar seus pensamentos. Eu tentava isso, mas não funcionava.
Você não pode vencer pensamentos negativos com pensamentos bons. A batalha entre os dois será acirrada para sempre. É preciso combater os pensamentos destrutivos com a Palavra de Deus, com a oração e com o louvor.
Deus quer que assumamos o controle de nossa mente e não permitamos que os pensamentos se apeguem àquilo que é contrário ao que Ele diz em Sua Palavra. Em vez de deixar que pensamentos negativos o atormentem, afugente-os repetindo a Palavra de Deus e louvando-O. Fale: “Eu te adoro, Jesus, Tu és meu Senhor e Rei!” Concentre-se na grandeza de Deus e em Seu amor por você e O louve por isso. Se você agir assim toda vez que os pensamentos ruins vierem a sua mente, eles, por fim, desaparecerão.
(Stormie Omartian, em “O PODER TRANSFORMADOR DA ORAÇÃO”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário