quinta-feira, 25 de outubro de 2012

LEVA TEMPO!
“E Ele o fará.” Sl 37:5
Primeiro eu pensava que, depois de orar, eu devia fazer tudo o que estivesse ao meu alcance para a concretização da resposta. O Senhor me ensinou um caminho melhor, e mostrou-me que meu esforço próprio sempre atrapalhava a Sua operação. Ele queria que eu esperasse em espírito de louvor e só fizesse o que Ele me mandasse.
Parece uma coisa tão insegura, simplesmente ficar quieto e não fazer nada, senão confiar no Senhor. Às vezes, é tremenda a tentação de tomarmos a batalha em nossas próprias mãos. Todos sabemos como é difícil salvar de afogamento uma pessoa que procura ajudar quem a socorre. Assim também, nós impossibilitamos o Senhor de combater os nossos combates, quando insistimos em procurar combatê-los nós mesmos.
Deus precisa de tempo para responder a orações. Muitas vezes falhamos em entender isso. Leva tempo para Deus colorir uma rosa. Leva tempo para Ele formar um carvalho. Leva tempo para Deus tornar em pão um trigal. Ele toma a terra. Ele a amolece. Ele a enriquece. Ele a umedece com chuvas e orvalho. Ele a aquece com vida. Ele dá a lâmina, a haste, o grão dourado, e então, por fim, o pão para o faminto. Tudo isto leva tempo. Por isso nós semeamos, cultivamos, e esperamos, e confiamos, até que seja cumprido o propósito de Deus. Estamos dando uma oportunidade a Ele. A mesma lição se aplica à nossa vida de oração.
(Lettie B. Cowman, em “MANANCIAIS NO DESERTO”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário