sexta-feira, 21 de dezembro de 2012


MANUAL DO BEM VIVER
Deus normalmente não nos dá métodos específicos para resolvermos os problemas. Em vez disso, Ele nos deu princípios e orientações para que possamos tomar decisões; nos deu também diretrizes e exortações. Os dez mandamentos são bem claros. Assim como os seguintes conselhos do Novo Testamento:
- “Não vos prendais a um jugo desigual com os infiéis; porque, que sociedade tem a justiça com a injustiça? E que comunhão tem a luz com as trevas?” 2Co 6:14
- “Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo.” Ef 4:25
- “Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira. Não deis lugar ao diabo.” Ef 4:26-27
- “Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação.” Ef 4:28
- “Lembrem disto, meus queridos irmãos: cada um esteja pronto para ouvir, mas demore para falar e ficar com raiva.” Tg 1:19
- “Meus irmãos, tomai por exemplo de paciência os profetas que falaram em nome do Senhor” Tg 5:10
- “Sede submissos a Deus. Resisti ao demônio, e ele fugirá para longe de vós.” Tg 4:7
- “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido.” Gl 6:9
- “Mas, se esperamos o que não vemos, com paciência o aguardamos.” Rm 8:25
- “Porque esta é a vontade de Deus, a vossa santificação; que vos abstenhais da promiscuidade” 1Ts 4:3
Essas diretrizes são diretas e objetivas. Violá-las é o mesmo que desobedecer a vontade de Deus. Esses são direcionamentos que Deus espera que usemos hoje para tomar decisões, e determinar nossas posturas, em meio as nossas situações difíceis.
Se não levarmos em consideração estes conselhos geraremos problemas para nós mesmos. É por isso que devemos sempre consultar a Palavra de Deus para determinar a vontade de Deus. Assim conseguiremos evitar muitos transtornos. Conseguiremos, igualmente, resolver muitos dos problemas que tomamos para nós porque agimos sem levar em consideração as leis do Senhor.
(Gene Getz, em “ABRAÃO – UM MODELO DE OBEDIÊNCIA E FÉ”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário