sexta-feira, 24 de setembro de 2010

ALARGANDO NOSSA ALMA
Esperar é para mim difícil. Quero respostas no momento. Os adiamentos desconcertam-me; as dilações amedrontam-me. Fico desconcertado com as demoras de Deus, interrogando-me sobre o porquê e quando. “Até quando, Senhor?”
Habacuque também quis respostas, mas Deus escolheu fazer as coisas no Seu tempo. “Sobre a minha guarda estarei … para ver O [Deus] que fala comigo,” escreveu. “A visão é ainda para o tempo determinado,” disse Deus, “espera-o, porque certamente virá” .
A fé nunca desiste. Ela sabe que apesar das aparências, tudo está bem. Ela pode esperar sem sinais significativos de que Deus está agindo, porque está segura n’Ele. “Cada demora é perfeitamente boa, porque estamos nas mãos seguras de Deus,” disse Madame Guyon (1648-1717).
Também nós temos que aprender a ver cada demora como algo “perfeitamente bom.” Adiamentos são razões para orar em vez de ficar ansioso, impaciente e aborrecido. Demoras são oportunidades para Deus construir aquelas qualidades imperecíveis, mas difíceis de adquirir: humildade, paciência, serenidade, e força. Deus nunca diz: “Espera por um instante,” a menos que Ele esteja fazendo algo na nossa situação – ou em nós. Ele espera para ser gracioso.
Assim sendo toma alento! Se a resposta de Deus demorar, “Espera por ela; porque seguramente virá.”
DEUS ALONGA A NOSSA PACIÊNCIA PARA ALARGAR A NOSSA ALMA.
(Portal Arauto evangélico)

Nenhum comentário:

Postar um comentário