terça-feira, 18 de janeiro de 2011

O Caminho da Vitória
Há um tempo para cada coisa na vida, tudo tem seu tempo. (cf. Ecle. 3: 1-8).
Não podemos colocar a carroça na frente dos bois, por isso, devemos seguir nosso caminho conforme a seqüência natural das coisas. Só conseguimos passar em um exame ou em uma prova se antes nos prepararmos e estudarmos para isso. Existe o tempo de preparação, de estudo, depois virá o tempo de avaliação e cobrança, para tanto, temos que nos dedicar e aproveitar ao máximo o nosso tempo seja qual for à tarefa que estivermos executando.
Algumas barreiras têm que ser vencidas quando perseguimos um objetivo na vida. Determinação, organização, persistência e fazer as coisas em silêncio, são procedimentos básicos para combater o desvio do objetivo, a preguiça, o desânimo e a inveja.
Primeiro: temos que determinar o nosso objetivo, que deve ser um alvo por vez; segundo: devemos manter tudo organizado, isso ajuda no combate a preguiça; terceiro: persistir para não desanimar; e por último: trabalhar em silêncio, pois quem fala demais atrai pessoas invejosas.
Espelhar-nos em alguém de sucesso, que já chegou onde queremos chegar, nos fortalece e evita o desvio do nosso objetivo.
A persistência é indispensável na nossa trajetória, pois somos humanos fracos, passivos de erros, que caímos com freqüência. A persistência nos ajuda a levantar e começar de novo.
Cada passo positivo em direção do alvo deve ser comemorado, isso aumenta nossa confiança e combate o desânimo.
Organizar o tempo para execução das tarefas, nos permite ter uma vida normal, sem perder o foco no nosso objetivo. Isso afunda a preguiça.
"Temos que aceitar a instrução desde jovens, com isso ganhar uma sabedoria que durará até a velhice. Vamos ao encontro dela, como aquele que lavra e semeia; espera pacientemente seus excelentes frutos; teremos alguma pena em cultivá-la, mas, em breve, comeremos os seus frutos." (Eclo. 6: 18-20).

Nenhum comentário:

Postar um comentário