terça-feira, 5 de abril de 2011

FAMILIARIZADO COM A VOZ DE DEUS
Na minha experiência, e na experiência de muitas pessoas que conheço, quando peço a Deus especificamente que me faça saber se alguma coisa está certa ou errada, Ele me dá uma resposta. E se não tenho uma resposta, então, presumo que preciso investigar mais. Preciso esperar um tempo, fazer mais perguntas, cavar um pouco mais fundo, sondar a situação um pouco mais. Finalmente, chegarei a um ponto onde eu ouvirei a resposta clara de Deus no meu espírito: “Sim, isso é algo bom para você”, ou: “Não, isso é algo que você deve evitar.”
Uma pessoa que esteja verdadeiramente buscando o Senhor através da leitura diária e extensiva da Palavra de Deus, e através da oração constante e da comunicação com o Senhor – desejando ouvir a resposta de Deus e saber a definição do Deus de bondade – irá desejar e pedir a Deus as coisas que são boas para Seus olhos. Esse é o resultado automático de buscar o Senhor.
Uma pessoa que busca ao Senhor durante meses, anos e décadas sabe o que Deus aprova e define como bom e verdadeiramente quer as coisas que são boas. Tal pessoa está numa firme posição de pedir coisas boas e de recebê-las.
Ás vezes as pessoas me perguntam: “Como você pode estar certo de que era o Senhor que falava com você?” Minha resposta é muito simples; “Estou familiarizado com Sua voz.” Isso é fruto da comunhão intensa e cotidiana com o Pai.
(C. Stanley, em “NECESSIDADES NÃO ATENDIDAS”)

Nenhum comentário:

Postar um comentário